$type=grid$show=home$count=5$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Venda de livros digitais cresce e editoras chegam a faturar R$ 147 milhões, apesar do fechamento de grandes livrarias

Especialistas destacam que apesar do cenário este não é o fim dos livros impressos 


O mercado baiano foi surpreendido, neste mês de julho, com a notícia do encerramento das atividades da livraria Cultura em Salvador, retirando a loja por completo do estado. Isso aconteceu 10 meses depois da Livraria Saraiva também encerrar suas atividades na Bahia. Em contrapartida, a venda dos livros digitais, como e-books e audiolivros, dispararam em 2020.

De acordo com a Pesquisa Conteúdo Digital do Setor Editorial Brasileiro, publicada no início do mês de julho, e coordenada pela Câmara Brasileira do Livro e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros, o faturamento das editoras que trabalham com a produção e vendas de e-books, audiolivros e outras plataformas digitais chegou a R$ 147 mi, em 2020. Esse dado representa 36% do crescimento do setor em relação ao mesmo período de 2019.

Para o professor do curso de Jornalismo da Rede UniFTC, Leonardo Campos, a tendência pela leitura em ferramentas digitais está relacionada ao desenvolvimento da tecnologia e à ampliação do mundo digital. “A digitalização tomou conta da vida das pessoas e das empresas. A tecnologia vem nos atualizando e demonstrando outras possibilidades de interação”, afirma o professor. 

Futuro dos livros impressos - O fechamento das livrarias Saraiva e Cultura na Bahia, na verdade, reflete uma realidade que este modelo de negócio vem enfrentando no Brasil inteiro. De 2008 a 2018, de acordo com informações do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), houve uma redução de 25% neste nicho.

Apesar dos dados desanimadores, Leonardo defende que as publicações impressas não terão fim, pois existem outras variáveis envolvidas no processo. 

“Ainda existem muitas pessoas que dependem do livro impresso para exercer a leitura. Mesmo com o aumento dos preços e com algumas edições difíceis de comprar, temos a cultura do colecionador, que é um público que depende da capa, das folhas, prefácio e posfácio das edições comentadas por historiadores e críticos”, ressalta Campos destacando que a pandemia também contribui para essa situação, já que exigiu o fechamento por muitos meses desses espaços culturais, também utilizados para encontros e eventos. 

Para o professor outro fator importante que precisa ser levado em consideração é o fato de muitos leitores serem apegados ao tradicional. “Observem que para cada livro que sai em e-book, é produzida uma edição em capa dura. São questões complementares. Acho que um não vem para substituir o outro. Acredito que as lojas físicas continuarão a desempenhar um papel importante, apenas lançarão novos modelos de lojas e implementarão o comércio”, enfatiza Campos.

 


 

COMMENTS

Nome

Abr- 2016,100,abr-2017,225,Ago -2016,140,Aiquara,35,Alisson Da Silva,6,Apuarema,5,Bahia,1975,banner,2,Barra do Rocha,17,Beleza,35,Boa Nova,2,Brasil,2841,Caio César,3,Cultura,2,Curiosidades,64,Dan Silva,63,Danielle Rocha,11,Dário Meira,4,Destaque,5133,Dez - 2016,102,Dicas de Saúde,271,Dietas,6,Eleições 2014,277,Eleições 2016,6,Emprego,6,Esporte,149,Estilo e Beleza,4,Eunápolis,3,Faça você mesmo,5,Fev - 2017,124,fev -2016,114,Fitness,10,Gandu,1,Ibirataia,8,Ilhéus,20,Informática,1,internacional,4,Ipiaú,746,itabuna,13,Itacaré,6,Itagi,62,Itagibá,96,Itaquara,7,Itiruçu,8,Jaguaquara,110,Jan - 2017,146,Jan -2016,97,je,1,Jequié,4402,Jitaúna,73,jul - 2016,212,Jun - 2016,170,jun - 2017,144,Lafaiete Coutinho,2,Lajedo Tabocal,2,Laninha,7,Mai-2016,107,Mai-2017,280,Manoel Vitorino,10,Mar-2016,119,Mar-2017,175,Maracás,21,Maraú,8,março 2015,12,Moda,3,Moda e Beleza,2,Mundo,359,Mutuípe,5,Nacional,8,Notícias,306,Notícias Regionais,1386,Novem-2016,159,out-2016,135,po,1,Poções,2,Política,2515,publicidade,1,Regional,3208,Salvador,80,Saúde & Bem Estar,159,Set - 2016,76,Tech,4,Ubaitaba,6,ubatã,46,Vida Alheia,48,Vitória da Conquista,18,Wellington Nery,1,
ltr
item
Jequié News : Venda de livros digitais cresce e editoras chegam a faturar R$ 147 milhões, apesar do fechamento de grandes livrarias
Venda de livros digitais cresce e editoras chegam a faturar R$ 147 milhões, apesar do fechamento de grandes livrarias
https://1.bp.blogspot.com/-fHLmNl8TF9g/YOzfCGr1AQI/AAAAAAAAo60/M3BxEDae8zUtKPOoxdeUj1Oy5Zv5uL2PwCLcBGAsYHQ/s320/PBR1DA0.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-fHLmNl8TF9g/YOzfCGr1AQI/AAAAAAAAo60/M3BxEDae8zUtKPOoxdeUj1Oy5Zv5uL2PwCLcBGAsYHQ/s72-c/PBR1DA0.jpg
Jequié News
https://www.jequienews.com/2021/07/venda-de-livros-digitais-cresce-e.html
https://www.jequienews.com/
https://www.jequienews.com/
https://www.jequienews.com/2021/07/venda-de-livros-digitais-cresce-e.html
true
158042993953054577
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy